Tudo na vida é cíclico

Relacionamentos que deveriam durar a vida inteira, amizades que seriam alicerces, amores que ultrapassaram uma existência, tudo tem uma impermanência. Um fim.


Choramos nossas tristezas, baseadas em expectativas irreais. Em projetos ou sonhos que são exclusivamente nossos.


Quando conhecemos alguém, acabamos criando expectativas de um amor para sempre, uma amizade eterna, um amor monogâmico e fiel.


Responsabilizamos o outro pelos nossos erros, pelos nossos fracassos, pela felicidade negada ou o coração partido. Esquecemos que relacionamentos são criados, pelos efeitos cármicos, gerados em função da vida.


Colocamos no colo do outro a responsabilidade de nos fazer felizes, de nos causarem bem estar, ou até mesmo de servir de escada, para alcançarmos prosperidade ou glória. Nunca encaramos as relações, como laços frágeis que tem que ser apertados, a cada volta que a vida dá.


Se encarássemos as relações como brisas que passam em nossas vidas, talvez não sofreríamos tanto, remoendo a solidão ou solitude de nossas almas.


Precisamos urgente, entender que o despertar nos coloca diante de novas verdades, de impulsos que nos empurram contra a ilusão ou fantasias. Temos na verdade, a nossa própria dor ou tristeza, para nos acompanhar neste caminho novo.


Aprendendo e crescendo. Indo aos extremos de nós mesmos, para alcançar no caos nossa própria Luz.


Por Magaly Delgado (MagaMagaly)

Terapeuta holística, sensitiva, numeróloga e radiestesista. Formada em Psicanálise Interativa e graduada como Sacerdotisa.

Escritora do livro "Despertar - A Reintegração dos Filhos da Luz" .


20 visualizações

Textos Publicados

Receba notificações de novas postagens
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Pinterest ícone social

© 2020 - Blog Autoral de José Neto