Não Procure o Amor. Você o merece!

Não procure o amor. Não se apaixone pela ideia de estar apaixonado. 

Não seja ingênuo(a), pois amor não se cria, se constrói.


Amor é tempo, é perdão. É compreender o tempo do outro, é saber esperar acontecer. Não perca tempo, até porque você não o tem. O tempo não é meu. Não é seu. É de ninguém!


Amor só se for inteiro, não se for metade. Os outros serão sempre uma soma, não metade. Você é Você por inteiro, com amor você multiplica, sem ele a vida diminui.

Amor é fogo, é ferida que dói sem sentir, é solitário, tão contrário a si é o amor... 

(Assim dizia o poeta)


Quando você já fez tudo o que podia, o jeito é esperar. Nada adianta espernear, chorar, gritar,  ficar revoltado... A resposta será a mesma: Espere!!

Quando não tiver mais forças, continue esperando. Não adianta confiar que o outro tenha o remédio. Que o outro tenha a cura imediata. Que o outro seja aquela bula: especialista em recomendações fantásticas, receitas fenomenais de sucesso e abrandamento de corações aflitos. 


O outro também vive com suas dores e medos. O outro também chora num canto sozinho. O outro também se esconde do mundo escuro. Quer um lugar para caber e morar, para ser ilha, um porto seguro... E enquanto isso, o mundo gira velozmente, em que a cada dia o sol nasce de novo.

(Assim escreveu Ester Chaves)


Você merece um amor que a(o) ame quando estiver despenteada(o), aceitando as razões que te fazem acordar rapidamente, e os medos que não te permitem dormir.


Você merece um amor que faça com que te faça sentir-se seguro. Que te ajude a conquistar o mundo com o simples gesto de pegar sua mão. Que te deixe sentir o conforto de seus abraços se encaixar perfeitamente, com um carinhoso modo de tocar sua pele.


Você merece um amor que deseje estar ao seu lado, visitar o paraíso apenas olhando seus olhos, e que nunca fique entediado lendo suas expressões.


Você merece um amor que te ouça cantar, que apoie as tuas loucuras, que respeita a tua liberdade e que te acompanhe em seu voo, sem que nunca lhe deixe cair.


Você merece um amor que afaste as mentiras. Merece aquele amor que afaste a tristeza, que leve embora o temor da solidão, que traga Sonhos, Café e Poesia. 

(Assim queria Frida Kahlo)

5 visualizações

Textos Publicados

Receba notificações de novas postagens
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Pinterest ícone social

© 2020 - Blog Autoral de José Neto