Extraordinário como ocorrem!


Fatos... por vezes incríveis, e De atuais que são, não nos negam: Trazem as verdades inconvenientes. Qualquer que seja a distância, Argumentos tomam relevância. Enquanto se encurtem espaços. Certas maneiras Podem tornar-se necessárias. Outras fronteiras Hão de formar-se intermediárias. Tão simples, mesmo valiosas, Experiências passadas, servem. Dispensáveis objetos, Profundos gestos. Tão perto, cá estejamos, Obstáculos presentes, estão. Relatos fortuitos, Desejos gratuitos. Tão longe, existem portões, Desafios futuros, vãos. Concretos ou abstratos, Oportunos ou adversos. Invariáveis, indivizíveis, Que todos nós sejamos Novos e meros aprendizes. Contemos até três! Vamos dar meia-volta, Meia-volta vamos dar! Um futuro novo já vai começar. Onde, quando, como tu estarás? Ontem, hoje... sabe-se lá!

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Textos Publicados