Sublime Ordenação - É Tudo!

Essa venda que deixa às cegas, Nessa escuridão que me aflige. Olfato e tato são os únicos. Dentro desse labirinto, Um caminho até agora sem destino - é Tudo. O pé descalço, o peito semi-desnudo. Uma corda, as ilusões, minha alma, a escuridão, Realidade e sensação. Palavras escritas, palavras não ditas, um testamento. Um novo caminho, vozes ouvidas, as frases lidas, Um novo destino - é Tudo. Uma ponte, um abismo, um pulo. Um amargo, uma decepção, minha expulsão. Um Livro, uma Lei, um Juramento. Uma Luz, as espadas, minhas lágrimas - é Tudo. Eis que agora, à luz da verdade e à Glória do Criador. Pela grandeza e proeminência de Tua obra, benfeitores somos Em Teu sagrado nome, do meio-dia à meia-noite, trabalhamos. Pela Tríplice Lealdade, que nos une: Livres, justos e perfeitos, A realinhar malfeitos E a aprumar desfeitos. Pela Tríplice Divindade que nos rege: A Sabedoria do Sol, luz do mundo, A Força de Marte, luz do homem, E a Beleza de Vênus, luz da vida. Pela Tríplice Bondade, que nos conduz: À boa mente, a boas palavras e a boas ações, Lapidando a pedra bruta, convertendo a matéria plana. E equilibrando ao espírito pleno... e que assim seja.

1 visualização

Textos Publicados

Receba notificações de novas postagens
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Pinterest ícone social

© 2020 - Blog Autoral de José Neto