Juntando as visões ao redor

Você se sente sozinho num mundo cheio de gente? Relaxe! Ninguém está mesmo em condições de perceber onde você está. A menos que seu GPS esteja ligado.


Se você quer entender exatamente qual é sua função no sistema, apenas relaxe. Todo o sistema está prestes a entrar em colapso. É bom criar logo usuário/senha e tratar de começar a salvar tudo na nuvem.


Pretende conseguir tudo que deseja a preço justo? Então relaxe também! Nem tudo que você já conseguiu é totalmente seu. Afinal seu histórico está todo disponível nas redes sociais.


Não bastasse nossos olhos estivessem voltados para as notificações na tela do smartphone, agora temos as máscaras, cobrindo boca, nariz e parte dos olhos.


Quanto mais urgente, menos incólume. Quanto mais prioritário, menos palpável. E quanto mais importante, menos virtuoso. Em meio à louca rotina das ruas pandêmicas e a correria tresloucada dos afazeres, a preocupação agora é pensar no que fazer enquanto se puder fazer, com os cuidados para evitar contato mais próximo, sob prejuízo de contaminação.

E assim, caminhamos na tendência da autocura, com dedos e mãos embebecidos de álcool (gel), com movimentos previamente calculados.


Existe outra alternativa? Por enquanto, não!

São esses vírus da era moderna que vão nos tornando "home-office dependentes", quase nos convertendo em plantas amareladas, regadas via rede "wi-fi"; como seres vegetais esquecidos, precisando do olhar e do cuidado humano. Mesmo que esse cuidado seja em forma de "live" com o artista ou digital influencer preferido.


Mas podemos agir com moderação e dar uma olhada em volta, juntar as visões ao nosso redor e tentar reconhecer que todo individuo é único, real e que cada tem um perfil, o de ser vivo.

15 visualizações

Textos Publicados

Receba notificações de novas postagens
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Pinterest ícone social

© 2020 - Blog Autoral de José Neto