Enquanto gira o mundo, virá e verás

Que o mundo gira... E de um tudo carrego comigo. Transporto-me, saindo, saindo... viajo.


Para longe, mesmo estando aqui. Sumo e volto. Pego e devolvo. Retiro algo de onde não tenho. Mas reponho, até o que não retiro.

Cérebro meu, minha mente.

Minto. Será pouco ou muito? Mente minha, te contenho? Ou apenas tu me conténs? Contente, não se desmente.