Alguma coisa em você pede mais atenção

São as coisas que mudam com tempo, ou o tempo que muda as coisas?


As mudanças que vêm com os ventos, Ou os ventos da mudança vêm e vão?

Perguntas que ninguém se importa. Mas as respostas, sim!


Não importa onde você esteja. Mude-se! Pouco importa com quem esteja. Mude-se! Nada importa nem quem você seja. Mude-se!


Você melhora a si e algo à sua volta também melhora.

Novos fatos, melhores atos, atitudes que se renovam. Em muitos casos, os novos e os usados se transformam. Transportam-se, comportam-se, ou apenas, se completam.


Células se unem, se fundem, evoluem. Por que você não? Seres e corpos vivos nascem, morrem, evoluem. Você não?

Tudo que for vivo, animado ou não, fixo ou móvel, envelhece. Destes, há os que perecem, perenes ou não. Um e outro permanece.

Há também os que se degradam, que não agradam, que definham-se. São as ações do tempo, em frações de tempo, infrações pelos tempos. Talvez seus contratempos, seus contra-argumentos, talvez definam-se.


Queira ser como as formas que tomam o espaço. Espaço que as contorna. Queira ser como as coisas que mudam com o tempo. Tempo que as melhora. Queira ser como as folhas que viajam com o vento. Vento que as redobra.

És a partícula divina, a parte indivisível da mais perfeita criação. Ser de infinitas células, fonte invisível de mais pura distinção. Organismo inteligente, quase indefectível em constante evolução.

Tenha para si sua melhor porção, mas entregue ao mundo sua maior proporção. Afinal, há algo em você que merece mais atenção.

20 visualizações

Textos Publicados

Receba notificações de novas postagens
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Pinterest ícone social

© 2020 - Blog Autoral de José Neto